Santa Casa
Santa Casa BH São Lucas SCBH Ensino e Pesquisa Funerária Santa Casa BH IGAP CEM


Bike na pandemia

14/08/2020

     

No Dia do Ciclista (19/8), as atenções se voltam para o aumento do uso de bicicletas com o avanço da pandemia do novo Coronavírus. Elas estão sendo utilizadas como meio de locomoção alternativo, econômico e mais seguro. As ruas estão cheias de entregadores que optaram por usar as bikes para trabalhar nos serviços de delivery, mas tem profissionais da área de saúde que também estão escolhendo as bicicletas como meio de transporte, apesar de continuarem sendo minoria no trânsito.  

É o caso de Jussara Natalino, instrumentadora cirúrgica da Santa Casa BH, que nos dias de plantão percorre nove quilômetros do bairro Glória, onde mora, até o hospital. Num trajeto de cerca de 40 minutos, ela se desvia de obstáculos e procura os caminhos mais seguros. 

Para estimular Jussara e outros funcionários, o Grupo Santa Casa BH irá construir um bicicletário na portaria principal da SCBH. O projeto está em fase de aprovação final com a prefeitura de Belo Horizonte e, em breve, serão iniciadas as obras. A iniciativa faz parte do Programa de Mobilidade Urbana da instituição proposto pela Gerência de Meio Ambiente e Sustentabilidade para incentivar a adoção de transportes mais inteligentes e colaborativos, contribuindo para a redução do congestionamento e melhorando a qualidade de vida dos empregados. 

Para Jussara, a construção do bicicletário beneficiará muita gente: “estou feliz com a novidade e com o apoio da instituição aos ciclistas. Tenho certeza de que muitas pessoas vão se animar a vir de bike depois dessa iniciativa. Quando vim morar em Belo Horizonte comecei a usar bicicleta por necessidade e por ser uma alternativa de locomoção mais barata. Com o tempo, ela se tornou um meio de lazer e esporte. Hoje, sou atleta profissional e uso a bicicleta para tudo, inclusive para vir para o trabalho e faculdade. Ela não polui, ajuda a manter a forma física e agora também colabora como transporte sem aglomeração. Lembramos que as pessoas precisam continuar tomando os cuidados, como usar máscaras e higienizar partes de suas bikes, como selim e guidão”.