Santa Casa
Santa Casa BH São Lucas SCBH Ensino e Pesquisa Funerária Santa Casa BH IGAP CEM


Funcionários da Santa Casa BH mostram que a amizade persiste além do tempo

14/02/2020

     

Quem tem amigos, tem tudo, não é mesmo? O escritor Millôr Fernandes já diz que “a verdadeira amizade é aquela que nos permite falar, ao amigo, de todos os seus defeitos e de todas as nossas qualidades”. Esse pensamento ilustra bem a relação de companheirismo que queremos contar neste Dia da Amizade (14/2): a história dos amigos Josimar do Nascimento, 25 anos, e Carlos Eduardo Rodrigues Otoni, 24 anos, que se conhecem desde os 8 anos de idade, ainda na época da escola, e há quase cinco anos trabalham juntos na instituição.

Josimar atua como assistente administrativo da Superintendência Jurídica, Governança e Gestão de Risco do Grupo Santa Casa BH, enquanto Carlos é assistente administrativo do Setor de Planejamento Estratégico. Mesmo em setores diferentes, eles estão sempre juntos, conversando e cuidando um do outro, sobretudo nos momentos de alegrias e dificuldades.
 
“Conheci o Carlos na época da escola quando me mudei de São Paulo para BH. Nós morávamos no bairro Taquaril, na zona Leste de Belo Horizonte. Ele fazia parte da turma mais animada da sala e aos poucos a gente foi se enturmando. Nós estudamos juntos até o primeiro ano do ensino médio. Depois, a vida fez com que caminhássemos para direções diferentes de crenças e princípios, mas o carinho, o respeito e a amizade sempre continuaram, uma vez que ele me indicou para trabalhar aqui quando abriu uma oportunidade”, explica Josimar.
 
Por dois meses, os amigos chegaram a trabalhar no mesmo setor, porém Carlos recebeu uma promoção e foi atuar em outro departamento, o que nada impediu de continuar com a convivência diária. “A gente sempre continua se encontrando pelos corredores, na hora do almoço, por exemplo. O fato dele ter vindo trabalhar aqui fortaleceu ainda mais a nossa amizade. Considero o Josimar como um irmão mesmo. Tanto eu, quanto ele sabemos que um pode contar com o outro em qualquer momento”, revela Carlos Eduardo. 
 
Em consenso, ambos acreditam que se existe uma palavra que define a amizade deles, essa palavra é respeito. “Mesmo tendo seguido caminhos de vida completamente diferente, um sempre respeitou e ouviu o outro, puxando a orelha, dando conselhos e rindo bastante das coisas da vida”, completa Carlos. “Amizade é isso! É poder falar tudo e mostrar para o outro que existem outras vivências, realidades, mas que isso não impede que a gente possa conviver e se ajudar. Amizade e respeito caminham juntos. Acredito que, por isso, a nossa amizade é tão antiga e persistiu ao longo do tempo”, finaliza Josimar.