GSCBH reconhecido pelos cuidados com o meio ambiente

19/12/2018

     
A superintendente do CEM, Dra. Maria Nunes, mostra o prêmio

Santa Casa BH, Centro de Especialidades Médicas (CEM) SCBH e Instituto Geriátrico Afonso Pena (IGAP) receberam prêmios importantes na área de sustentabilidade e preservação do meio ambiente, nos dias 5 e 6 de dezembro. O reconhecimento se deu durante o Seminário Hospitais Saudáveis 2018, realizado em São Paulo.

“Este reconhecimento demonstra o quanto o Grupo Santa Casa leva a sério as questões ambientais e de sustentabilidade. Sermos reconhecidos a nível nacional e servirmos como exemplo de projetos e processos tem um significado muito grande para a instituição e mostra que estamos no caminho certo”, comemora Luís Fernando Guimarães, superintendente de Suporte Operacional do GSCBH.

O Prêmio ‘Amigo do Meio Ambiente’ (AMA) foi concedido à Santa Casa BH por conta do projeto ‘Boomerang de Películas de Raio-X’. Lançado em fevereiro de 2018, a iniciativa disponibilizou um ponto de coleta radiografias antigas, garantindo que as pessoas possam destinar adequadamente o filme radiográfico. A película contém material pesado e pode contaminar o solo e a água, caso seja descartada de forma inadequada. Instituições de todo o País participaram e o projeto da Santa Casa BH foi considerado um dos melhores.

O gerente de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Daniel Gonçalves Júnior, destaca o engajamento do GSCBH na busca por sustentabilidade. “Estamos muito satisfeitos pelo reconhecimento e por entrar neste seleto grupo dos melhores projetos ambientais do Brasil. Quando uma instituição recebe esse prêmio é sinal de que a empresa está elevando seu grau de maturidade ambiental. Portanto, o prêmio  pertence a todos. Ainda temos muito o que evoluir, mas estamos no caminho certo”, pontua.

O Centro de Especialidades Médicas foi premiado por ter participado do “Desafio Resíduos”, tendo cumprido todas as exigências do regulamento, garantindo assim a destinação adequada dos resíduos sólidos da unidade. “Esse prêmio traduz o esforço e empenho de toda a equipe do CEM e da Gerência de Meio Ambiente e Sustentabilidade, no cumprimento rigoroso das normas ambientais estabelecidas. Obviamente não teríamos tido êxito sem a Direção, orientação e apoio da nossa Superintendente Maria Nunes”, ressalta Andrelino Machado – gerente Operacional e Administrativo.

O IGAP recebeu o certificado de “Boas Práticas Ambientais” por conta do projeto “Alimentação Saudável e Terapia Horticultural”, realizado em parceria com o projeto “Hortas Urbanas”, do Uni-BH. Lançado em 8 de junho, durante a Semana Mundial do Meio Ambiente, a iniciativa contribui com a alimentação dos moradores e serve como mais uma ferramenta terapêutica, já que os idosos serão responsáveis pela manutenção da horta.