Santa Casa
Santa Casa BH São Lucas SCBH Ensino e Pesquisa Funerária Santa Casa BH IGAP CEM


Inaugurado mais um CTI Pediátrico

12/03/2020

     

A Santa Casa BH ampliou em 50% o número de leitos intensivos para crianças com a inauguração do CTI Pós-operatório Pediátrico Dona Lucinha no 4º andar. Realizado no dia 9 de março, o evento contou com a participação de diretores e funcionários da instituição, do deputado federal Fábio Ramalho, de patrocinadores e parceiros, além dos familiares de Dona Lucinha.

Com a expansão, o hospital passa a oferecer 30 leitos de CTI exclusivos para crianças, sendo 20 clínicos e dez cirúrgicos – o maior em número de leitos de tratamento intensivo infantil em Minas Gerais. Para o provedor Saulo Levindo Coelho, com o novo local será possível aumentar a prestação de serviços de alta complexidade para pacientes pediátricos mineiros e de outros estados: “esses dez novos leitos de CTI irão potencializar a realização de procedimentos cirúrgicos. Pela parceria e acolhimento às crianças em tratamento oncológico e cardíaco no nosso hospital, lembramos da Casa de Acolhida Padre Eustáquio e, consequentemente, de Dona Lucinha. A escolha do nome foi feita com muito carinho. É uma honra poder fazer essa homenagem a ela.”

O diretor de Assistência à Saúde da Santa Casa BH, Dr. Guilherme Riccio, relembrou: “em 2018, fizemos 272 cirurgias cardiovascular pediátrica e alcançamos o primeiro lugar geral no país em número de atendimentos. Em 2019, foram 220 procedimentos e esse resultado só não foi maior pela falta de leitos de tratamento intensivo. Com a equipe de excelência e novos leitos, vamos atender ainda mais crianças. Todo dia operamos um pequeno milagre, por isso somos o hospital mais importante de Minas Gerais”. 

Emocionado, o presidente da Casa de Acolhida Padre Eustáquio (Cape) e filho de Dona Lucinha, José Marcílio Nunes Filho, agradeceu a homenagem: “faz 11 meses que mamãe partiu. O sonho dela era ser médica e a vida toda ela ajudou os doentes que a procuravam. Essa homenagem foi muito importante para a nossa família e nos estimula a continuar realizando o nosso trabalho”.

O deputado Fábio Ramalho – que disponibilizou R$ 1 milhão em emenda parlamentar para o novo CTI – destacou sua realização ao participar da inauguração: “fui eleito para ajudar os pacientes mineiros a receberem o melhor tratamento e a Santa Casa BH tem sido fundamental nisso. Trabalho para a saúde, por isso faço um compromisso de alocar R$ 5 milhões em emendas para o hospital para que mais pessoas tenham acesso aos serviços de saúde”.

Christina Coelho, responsável pela organização do “Jantar Beneficente da Santa Casa BH” que arrecadou recursos para a construção do CTI, ressaltou que nada seria possível sem a ajuda dos parceiros: “estou muito feliz por fazer parte dessa inauguração e agradeço a todos que colaboraram para essa iniciativa. O trabalho realizado pelos profissionais do CTI Pediátrico é maravilhoso e me motiva a continuar ajudando”.

O Rotary – por meio da união de vários clubes incluindo a Fundação Rotária Internacional – também contribuiu com a aquisição dos ventiladores pulmonares. O presidente do Rotary Novas Gerações, João Streite, agradeceu à Santa Casa BH pela oportunidade: “a execução desse projeto foi um grande desafio e envolveu muitos parceiros de vários países. A saúde materno-infantil é um pilar muito importante para o Rotary e esse é o começo de uma parceria duradoura com a instituição. Contem sempre conosco”.

Investimento

 O valor estimado da obra – que incluiu reforma, compra de equipamentos e mobiliário – foi de cerca de R$ 2,3 milhões. Esse recurso foi obtido por meio de uma composição de emenda parlamentar de R$ 1 milhão destinada pelo deputado federal Fábio Ramalho em 2017, de recursos arrecadados no “Jantar Beneficente da Santa Casa BH” realizado por Cristina Coelho e Patrícia Soutto Mayor e de doação do Rotary Club (Fundação Rotária do Rotary Internacional, Rotary Club BH Novas Gerações, Rotary Club Contagem Cidade Industrial, Rotary Club of Arlington Sunrise, Rotary Club of Minneapolis City of Lakes e Rotary Club of Kurri Kurri), além de investimento próprio do hospital.

Sobre a Dona Lucinha

Maria Lúcia Clementino Nunes, a Dona Lucinha, nasceu no Serro. Nos anos em que viveu em sua terra natal, atuou de formas múltiplas e, mesmo mãe de 14 filhos, foi catequista, professora, salgadeira, doceira, feirante, quitandeira, diretora escolar e vereadora. Mas se considerava mesmo uma cozinheira, que se dedicava a fazer, compreender e preservar a cozinha de origem e a cultura alimentar dos mineiros. Com seu espírito humanista e vibrante, fez ecoar, Brasil e mundo afora, as relíquias dos saberes e sabores que Minas guarda em suas montanhas. Fundou o Instituto Dona Lucinha, hoje mantenedor da Casa de Acolhida Padre Eustáquio (CAPE), que iniciou suas atividades abrigando exclusivamente crianças em tratamento oncológico. A pedido da Santa Casa BH, a CAPE mudou seu estatuto e passou a acolher, também, crianças em tratamento cardiológico.

Agradecimentos:

AeC; Albanos; Associação Mineira de Supermercados; Atroz; Belíssima; Benassi; Bom Destino; Buffet Célia Soutto Mayor; Café Belloto; Casa Nicolau; Comemorare; Dj Carlo Dee; Dona Formosa; Fosfato Comunicação; G30; Greco Design; Helvécio Carlos; Instituto MRV; Itambé; José Mendes Neto; Kadu Viana; MartMinas; Mesa Bonita Sousplat; MIP Engenharia; Music Produções; Patrícia Gontijo Decorações; Patrus Transportes; Play; Ponteio Lar Shopping; Power Service BH; Premium; Projemac; Rotary Clube Belo Horizonte Novas Gerações – Brasil; Rotary Clube Contagem – Cidade Industrial – Brasil; Rotary Clube Arlington – Sunrise – USA; Rotary Clube Kurri-Kurri – Austrália; Rotary Clube Minneapolis City of Lakes – USA; Sérgio Mendes Cerimonial; Sua Sala; Super Nosso; Talento Joias; Taste Vin – chef Rodrigo Fonseca; Terezinha de Jesus Araujo Rezende; The Rotary Foundation; Trinca Comunicação; Vagalumens; Vanessa Geo; Verdemar; Vigor; Viver Bem; ZCM