Santa Casa BHCEMSão LucasIEPFunerária Santa Casa BHIGAP


Novo Ambulatório de Oncologia Pediátrica

18/05/2017

     
A Santa Casa BH está vivendo um momento de grave crise financeira, que acarretou o fechamento de 430 dos 1.086 leitos do hospital. Para continuar oferecendo serviços de saúde aos usuários do SUS, a instituição conta com o apoio dos órgãos públicos e a solidariedade da população. Nesta quinta-feira, dia 18 de maio, foi inaugurado o novo ambulatório de Oncologia Pediátrica - construído graças à colaboração de milhares de mineiros que participaram do ‘McDia Feliz’. O valor arrecadado para custear a reforma de 390 m² de área foi obtido por meio do projeto ‘Reconstruindo o Cuidar’ - resultado da parceria do Instituto Ronald McDonald, da Casa de Acolhida Padre Eustáquio e da Fundação Sara Albuquerque Costa. 
 
A Santa Casa BH é reconhecida como a maior prestadora de serviços no segmento oncológico para o SUS em Minas Gerais e esse espaço marca uma nova etapa no tratamento oncológico das crianças na instituição. Durante a inauguração, o provedor da Santa Casa BH, Saulo Coelho, destacou a importância dessa parceria e das pessoas que tornaram possível a realização do projeto: “esse é um presente da sociedade aos pacientes mirins. Com este ambulatório primoroso e confortável, será possível duplicar o número de atendimentos, chegando a atender até 300 crianças em dias alternados. A Santa Casa é da comunidade e a ajuda de todos é fundamental para continuarmos o nosso trabalho”. 
 
Para o superintendente do Instituto Ronald McDonald, Francisco Neves, a união de forças do bem está fazendo a diferença na vida das crianças em tratamento oncológico em Minas Gerais: “a sociedade está dando à SCBH condições de atender mais e melhor. Pela primeira vez - em 28 anos de ‘McDia Feliz’ - duas casas de apoio da mesma cidade se uniram em um único projeto e o resultado disso é esse espaço lindo e alegre. Certamente esse exemplo será replicado para outros Estados”. 
 
Já o oncologista pediátrico da Santa Casa BH, dr. Joaquim Caetano Aguirre, agradeceu a confiança e o apoio dos parceiros: “para aumentarmos os índices de cura do câncer infantojuvenil precisamos de um diagnóstico preciso e, para isso, é necessário estrutura - que esse novo ambulatório nos oferece - e recursos humanos capacitados, que a Santa Casa BH já possui. Agradeço a todos que contribuíram adquirindo os tíquetes. Acredito que ainda teremos muito a fazer pelas crianças, mas garanto que com este novo espaço teremos um aumento eficaz dos atendimentos”.   
 
A nova unidade - em funcionamento no Hospital São Lucas - permitirá também uma melhor adequação da área de recepção, triagem, sala de infusão, consultórios médicos e atendimento multiprofissional. O espaço terá 3 consultórios, 1 sala de procedimento, sala de propedêutica de quimioterapia com 20 leitos, Espaço Teen, Espaço Kids, sala administrativa, recepção e consultório de atendimento da equipe multiprofissional. No setor, as crianças receberão toda a assistência necessária no tratamento oncológico, incluindo, consultas, tratamento ambulatorial quimioterápico, pequenos procedimentos e controle de sintomas, além de apoio emocional, social, recreação e assistência de enfermagem.