Sepultamentos gratuitos

11/03/2015

     
Fundada em 1900, a Funerária Santa Casa BH conta com a maior infraestrutura do setor na Capital, ofertando à população serviços funerários, planos funerários, coroas de flores e cursos de tanatopraxia. Mas o grande diferencial da unidade é realizar com exclusividade, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, sepultamentos gratuitos para pessoas carentes, indigentes e peças do IML.
 
O serviço funerário para sepultamentos gratuitos existe há 70 anos. Foi estabelecido em 23 de agosto de 1944, por meio de um contrato firmado entre a Prefeitura de Belo Horizonte - representada na época pelo prefeito Juscelino Kubitschek - e pelo então provedor da Santa Casa BH, José Maria Alkmim.
 
Em 2014, a média de sepultamentos gratuitos realizados pela Funerária Santa Casa BH foi de 108 por mês. Na contabilização geral da unidade, isso representa 1 em cada 5 sepultamentos.
 
De acordo com o gerente da FSCBH, Jefferson Florêncio, esse serviço representa um dos grandes diferenciais do Grupo Santa Casa BH: “é uma ação filantrópica efetuada de forma integral. Somos responsáveis por tudo, desde a remoção do corpo no necrotério ou instituição de saúde até a higienização, tanatopraxia, ornamentação, condução do corpo, preparação da cova e sepultamento no cemitério”.
 
O contrato estabelece uma ligação entre a Secretaria Municipal Adjunta de Assistência Social (Smaas) da PBH e a Funerária Santa Casa BH, a única autorizada a prestar esse serviço na Capital. Segundo a Lei Orgânica da Assistência Social, o sepultamento gratuito está entre os benefícios da Política de Assistência Social por serem “de caráter suplementar e provisório, prestados aos cidadãos e às famílias em virtude de nascimento, morte, situações de vulnerabilidade temporária e de calamidade pública”.
 
A Smaas é responsável por realizar o estudo de enquadramento do solicitante às normas da legislação e solicitar à FSCBH a execução do sepultamento.
 
Sempre renovando sua parceria com o poder público, desde 2013 a Funerária Santa Casa BH é também responsável pelo transporte gratuito de corpos de pessoas carentes e indigentes, para o IML, quando há solicitação de necrópsia (exame que determina a causa da morte do indivíduo) dos hospitais Risoleta Neves, João XXIII e Santa Casa BH.
 
Para solicitar um sepultamento gratuito, os familiares devem procurar o Plantão Social da PBH portando certidão de óbito, baixa do cartório e documentos que comprovem a necessidade da gratuidade. O Plantão Social funciona nas 9 regionais da PBH durante a semana e na rodoviária nos finais de semanas e feriados.