Santa Casa
SCBH Ensino e Pesquisa Funerária Santa Casa BH Santa Casa BH IGAP São Lucas CEM


Cirurgia pediátrica inédita em Minas Gerais foi realizada na Santa Casa BH

Publicado em: 03/11/2022 - Atualizado em: 03/11/2022 12:37:19

     

Uma equipe composta por oito médicos e dois anestesistas realizou uma cirurgia pediátrica inédita em Minas Gerais. O procedimento aconteceu na Santa Casa BH, no último sábado, 29 de outubro, e utilizou o método conhecido como Técnica de Kelly para fazer a correção de uma extrofia vesical, em um paciente de cinco anos. 

Mesmo passando por duas cirurgias, a criança desenvolveu uma epispadia incontinente, que é um defeito na abertura da uretra que ocasiona incontinência urinária e a abertura do órgão genital. 

Segundo o cirurgião pediátrico da Santa Casa BH Átila Reis Victoria, que fez parte da cirurgia, o método utilizado é de alta complexidade, mas vem sendo aplicado no Brasil por um grupo multi-institucional. “A Técnica de Kelly permite que a correção da extrofia seja feita sem osteotomia prévia, ou seja, sem a necessidade de desviar conteúdos internos do corpo do paciente para o meio externo, para serem recolhidos por uma bolsa. Além disso, proporciona, também, uma abordagem ampla, resultando em um melhor aspecto estético e funcional. E o indicado é que a intervenção seja feita o mais precocemente possível, para oferecer mais qualidade de vida ao paciente. Foi a primeira vez que utilizamos essa técnica em Minas Gerais e estamos muito felizes porque significa uma esperança para outras crianças que estão na fila do SUS no estado”, diz. 

 

Grupo multi-institucional 

Diante da complexidade do procedimento e da raridade dos casos, foi formado um grupo composto por cirurgiões de diversos estados brasileiros que viajam pelo país para realizar a cirurgia e compartilhar a técnica com outros profissionais. Também foi feita a transmissão em vídeo, em tempo real, para mais de 25 médicos que assistiram em um auditório separado. O grupo multi-institucional brasileiro é uma iniciativa de cirurgiões pediátricos titulares da Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica (CIPE), tendo à frente o pediatra Nicanor Macedo.

Dessa forma, Além de contar com a participação de cirurgiões da própria instituição, a Santa Casa BH recebeu médicos de São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Ceará, Piauí, Pará, Rondônia, Mato Grosso, entre outros estados, além de um cirurgião canadense que desejava conhecer a Técnica de Kelly.