Santa Casa

Funerária Santa Casa BH se prepara para o Novo Coronavírus

Publicado em: 02/04/2020 - Atualizado em: 02/04/2020 11:06:19

     
Diante do aumento de casos confirmados do Novo Coronavírus no país e as primeiras mortes em Minas Gerais, as atenções se voltam agora para o trabalho realizado pelas funerárias e para as orientações do Ministério da Saúde sobre sepultamentos e cremações.
 
A Funerária Santa Casa BH está preparada para o provável crescimento no número de vítimas fatais da COVID-19. Desde o início da pandemia, está alinhada às diretrizes da Comissão Interna de Enfrentamento do Coronavírus do Grupo Santa Casa BH, que desenhou estratégias e ações que orientam os funcionários sobre como proceder para receber, conduzir, atender e tratar os pacientes com a doença ou com suspeita. 
 
Com a orientação de que as precauções com o controle de infecção devem ser seguidas, também, no manuseio do corpo após a morte, os agentes funerários da Santa Casa BH que trabalham em nove postos de atendimentos dentro de hospitais de Belo Horizonte estão usando os seguintes equipamentos de proteção individual (EPIs): macacão ou capote, óculos de proteção, máscara N95, luva e touca. Os EPIs devem ser utilizados, armazenados e descartados conforme recomendação do fabricante e protocolo institucional.
 
Por determinação da Norma Técnica 4/2020 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (atualizada em 31/03), os pacientes que falecem com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) são colocados dentro de um saco de óbito impermeável e, em seguida, o agente funerário transporta o corpo para o necrotério do hospital. A maca de transporte de cadáveres deve ser utilizada apenas para esse fim e ser de fácil limpeza e desinfecção. Após remover os EPIs, todos os profissionais devem realizar a higiene das mãos. A nova regra é que o sepultamento é automático e não há preparação de corpo. 
 
De acordo com o coordenador administrativo da Funerária Santa Casa BH, Anselmo Nunes, os agentes funerários e motoristas, que atuam na linha de frente dos atendimentos, passaram por treinamento: “todos foram orientados sobre a importância de usar os equipamentos de forma correta e consciente, sempre com foco na saúde deles e de seus familiares. Com isso, será possível mitigar os riscos de contaminação”.
 
A gerente responsável pelo Serviço e Plano Funerário, Luiza Neder, garantiu que a Funerária Santa Casa BH está acompanhando todas as atualizações nas normas técnicas e decretos emitidos a respeito da Covid-19: “estamos trabalhando em parceria com o Serviço de Controle e Infecções Hospitalares da instituição para que os ajustes e as mudanças nos regulamentos relacionados ao serviço funerário sejam cumpridos para oferecer aos nossos funcionários segurança e tranquilidade”. 
 
CERIMONIAL SANTA CASA BH 
 
Para as pessoas que morreram com outros tipos de enfermidade e optarem por fazer o velório no Cerimonial da Santa Casa BH, o velório está autorizado com as seguintes orientações: 1 hora de duração, permissão de entrada de 10 pessoas por vez, com distância permitida de 1 metro umas das outras, bem como outras medidas de isolamento social e de etiqueta respiratória definidas no último Manual de Manejo de Corpos no contexto do novo Coronavírus (atualizado em 23/03/2020).