Santa Casa

Santa Casa BH firma acordo com Poder Público para manutenção de 200 leitos criados na pandemia

Publicado em: 24/09/2021 - Atualizado em: 24/09/2021 10:41:09

     
Foto: Amira Hissa

A Santa Casa BH, hospital de referência no atendimento aos casos de COVID-19 pelo SUS, em Belo Horizonte, firmou, nesta quinta-feira (23/09), um acordo com a Prefeitura Municipal (PBH) e o Governo do Estado de Minas Gerais para financiar a manutenção dos 200 novos leitos criados para o enfrentamento à pandemia. Desse total, 140 são de enfermaria e 60 de CTI.

A decisão foi tomada em uma reunião realizada na sede do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG). Estiveram presentes no encontro o provedor da Santa Casa BH, Roberto Otto Augusto de Lima, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, o presidente do TJMG, desembargador Gilson Lemes, e o secretário Municipal de Saúde, Jackson Machado Pinto

O contrato que será assinado terá duração inicial de dois anos e prevê o repasse gradual de R$ 76 milhões para a Santa Casa BH, sendo R$ 56 milhões custeados pela PBH e R$ 20 milhões pelo Estado. A Prefeitura começará a realizar os pagamentos a partir do mês de outubro, com parcelas mensais de R$ 5,6 milhões. 

Com isso, a Santa Casa BH conseguirá manter a sua atual estrutura, totalizando, assim, 1.150 unidades de internação. Os novos leitos criados estavam deixando de receber os recursos municipais e federais destinados ao combate à COVID-19, devido ao arrefecimento da pandemia. 

O provedor da Santa Casa BH comemorou o acordo. “Esse foi um excelente resultado que veio a partir das conversas com a Prefeitura Municipal, com o apoio do Tribunal de Justiça. Além dos leitos, o financiamento também englobará os insumos e recursos humanos necessários para o seu funcionamento. É uma grande conquista para a Santa Casa BH, que é o maior hospital 100% SUS de Minas Gerais, mas, acima de tudo, para a população que depende da rede pública”, concluiu Roberto Otto.