Atualizado em: 14/12/2023 – 15:12:47

Do diagnóstico desafiador ao parto, mãe relembra a espera da filha marcada por medo, ansiedade, mas com um final feliz

 

A espera de um bebê é marcada por muita alegria e emoção para as famílias, mas também por preocupação sobre a formação e a saúde do bebê. Para algumas mães, o período de gestação se torna um grande desafio, principalmente quando elas recebem o diagnóstico de que o seu recém-nascido necessitará de cuidados imediatos para viver. É o caso de Camilla Mota e de sua filha Sophia, que chegou ao mundo com uma fenda palatina – uma malformação congênita que causa uma abertura na parte superior do céu da boca -, que ocorre durante o desenvolvimento do embrião.

Camilla relata que desde o início do pré-natal, encontrou na Santa Casa BH não apenas um local para acompanhamento médico para a sua gravidez de risco, mas uma instituição que se dedica incansavelmente no tratamento da gestante e do bebê. “Eu cheguei aqui, após a médica que me acompanhava em um Centro de Saúde constatar, durante o exame de ultrassom, que a minha filha tinha essa malformação congênita e que a Santa Casa BH é referência nesses casos e em partos de alto risco. Desde então, fui encaminhada para realizar todo o processo aqui”, detalha.

A parturiente conta que a delicadeza e o cuidado excepcional no atendimento dela e de sua bebê se estenderam até o pós-parto, quando a pequena Sophia precisou dos cuidados imediatos na UTI Neonatal. “Após o nascimento, minha filha foi levada para a UTI, pois precisava se alimentar através de sonda, já que a sua condição não permitia ser amamentada via oral. Ela permaneceu lá por três dias, sendo avaliada por uma equipe multidisciplinar e, depois, encaminhada para a Unidade de Cuidados Intermediários Neonatais e Canguru, ficando lá por mais três dias”, explica.

Hoje, com o coração repleto de gratidão, Camilla e sua família celebram a alta da pequena Sophia, um resultado do comprometimento e da qualidade da assistência encontrada na Santa Casa BH.

Essa história reflete milhares de outras que se desdobram anualmente na instituição, no entanto, para que a Unidade Neonatal continue oferecendo saúde de ponta para todos, é necessário realizar uma grande reforma estrutural.

Com objetivo de arrecadar recursos para a reforma, a Santa Casa BH lançou, no mês de novembro, a Campanha 1.000 vezes padrinhos. De acordo com a coordenadora médica do Instituto Materno Infantil Santa Casa BH, Dra. Filó, a reestruturação foi planejada em todos os detalhes, incluindo melhorias das condições de climatização, iluminação e acústica, fatores indispensáveis para o melhor atendimento e desenvolvimento dos bebês, que exigem  cuidado integral e individual, conforme as suas necessidades. 

Ela explica que para alguns recém-nascidos que precisam de cuidados imediatos para viver, o tempo é uma questão vital. “Ser padrinho ou madrinha da Campanha significa proporcionar a um número ilimitado de crianças, a oportunidade de ter uma nova chance de vida com qualidade”, diz.

Sobre a UTI Neonatal

O serviço é referência em Minas Gerais no atendimento de recém-nascidos e prematuros que nascem com menos de 1kg e menores que 30 cm, além de bebês portadores de malformações neurológicas, pulmonares, gastrointestinais, geniturinárias (funções genitais e urinárias) e cardiovasculares de mais de 90% dos municípios mineiros. Nesse contexto, a Santa Casa BH se destaca na realização de  cirurgias de cardiopatia congênita, sendo a  única instituição 100% SUS do estado que realiza o tratamento.

Em 2022, a Santa Casa BH  realizou 1.172 internações na UTI Neonatal, com projeção de crescimento de 1.750 internações para o ano de 2023. Atualmente, a unidade dispõe de 64 leitos, sendo 20 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva Neonatal),  14 de UCI (Unidade Cuidados Intermediários Neonatais e Canguru) e 30 de Alojamento Conjunto (recém-nascido permanece ao lado da mãe).

Como doar para a “campanha 1.000 vezes padrinho”? 

Você pode doar através do QR Code na Landing Page https://santacasabh.org.br/padrinho/ ou através de depósito ou pix para a conta abaixo:

Banco Caixa Econômica Federal
Número:104
Agência: 3396-4
Conta: 4257
Nome: Santa Casa de Misericórdia de Belo Horizonte
CNPJ: 17.209.891/0001-93
Chave Pix: milpadrinhos@santacasabh.org.br