Atualizado em: 18/06/2024 – 11:06:44

Iniciativa celebra o Dia Mundial do Doador de Sangue, comemorado em 14 de junho, e conta com ações de conscientização e o I Workshop de Hemoterapia

Para celebrar o Dia Mundial do Doador de Sangue deste ano, comemorado em 14 de junho, a Santa Casa BH lançou a campanha “Doar sangue gera uma onda de vida”, que mostra como esse ato de solidariedade permite a continuidade da vida de forma plena. A iniciativa contou com uma programação entre os dias 11 e 13 de junho que incluiu blitzes com panfletagem e faixas nas áreas internas e nas proximidades da instituição, bem como na porta do Shopping Del Rey, além do I Workshop de Hemoterapia, realizando no último dia, que abordou o uso racional do sangue. 

A gerente da Agência Transfusional (AGT) da Santa Casa BH, Melina Naves, enfatizou a importância de datas como essa, que reforçam como simples gestos podem gerar grandes impactos na sociedade. “Doar sangue literalmente salva vidas. Nossa campanha visa mostrar como cada doação faz a diferença, já que contribui para que famílias permaneçam juntas, que crianças tenham um futuro e que outras pessoas sigam buscando seus sonhos e realizando as coisas que amam”, ressalta. 

Segundo Melina, a Santa Casa BH tem como compromisso se engajar nas campanhas de doação de sangue porque depende diretamente desse componente para continuar oferecendo uma assistência de ponta para seus pacientes diariamente. “Nossa instituição é a maior demandante de bolsas de sangue da Fundação Hemominas em Minas Gerais, e a necessidade de reposição dos estoques é constante, por isso estamos sempre empenhados e envolvidos na causa”, afirma.

 

Conscientização e agradecimento 

O Dia Mundial do Doador de Sangue tem como objetivo agradecer aos doadores voluntários que, por razões altruístas, salvam vidas. Também é um momento para conscientizar a população sobre a importância de aumentar a quantidade e a regularidade das doações. 

Dados do Ministério da Saúde mostram que 1,4% da população brasileira doa sangue regularmente, o que representa 14 pessoas a cada mil habitantes e um total de mais de 3,1 milhões de doações de por ano, no Sistema Único de Saúde (SUS). Esse número coloca o país dentro dos parâmetros recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que sugere que o índice se mantenha entre 1% e 3%. 

Transfusões de sangue e seus derivados salvam milhões de vidas anualmente, sendo essenciais para o tratamento de mulheres com hemorragias associadas à gravidez e parto, pacientes com doenças hematológicas ou da medula óssea, vítimas de traumas e emergências, além de pacientes em cirurgias. Nesse sentido, a doação de sangue é um componente fundamental dos sistemas de saúde em todo o mundo.

 

Agende sua doação

Entre os requisitos básicos para doar sangue, é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 Kg, estar bem descansado e alimentado no momento da doação e apresentar documento original e oficial com foto. Para saber todas as informações e agendar a sua doação, é muito simples: basta entrar em www.hemominas.mg.gov.br ou baixar o aplicativo MGapp. 

Confira as fotos da campanha “Doar sangue gera uma onda de vida”: